Cirurgia Estética
Lipoescultura
Prótese de Panturrilha

 

Uma queixa frequente em homens e mulheres é a deficiência de volume do membro inferior, particularmente da região da perna. As características individuais e familiares são responsáveis pela espessura e volume das panturrilhas sendo muito difícil, mesmo com o estimulo físico muscular provocar hipertrofia dessa região. Muitas vezes com o exercício físico, as pessoas observam que alcançam a hipertrofia da região das coxas porém não acompanhada pelas panturrilhas. Em razão disso, muitas pessoas deixam de usar bermudas ou saias por vergonha e desconforto estético com as pernas.

Para o tratamento da deficiência de volume da panturrilha, seja ela estética ou causada por sequelas de traumas ou poliomielite, lançamos mão da prótese de silicone. Ao realizarmos o implante aumentamos o volume, a espessura e a projeção da região obtendo assim uma melhor harmonia entre coxas e pernas. 

Anestesia: geral ou peridural
Duração: 1h – 2h
Internação: 12 – 24h 

Cirurgia 

O procedimento cirúrgico consiste em realizar uma incisão em uma das pregas na região posterior do joelho e posicionar a prótese que melhor se adéque às características físicas do paciente sob a fáscia do músculo gastrocnêmio. Ao fim da cirurgia, permanece uma cicatriz em uma das pregas naturais já existentes. Orienta-se manter repouso relativo por 14 dias e com o uso de calçados com salto para evitar movimentação excessiva do local das próteses nos primeiros dias. 

 



Complicações

Apesar de raras, podem ocorrer: alterações de sensibilidade, hematoma, seroma, infecção, intolerância à prótese, cicatrizes alargadas ou quelóides. 


Perguntas e Respostas

01. A cirurgia de prótese de panturrilha deixa cicatrizes? 
Toda cirurgia deixa cicatriz. A cicatriz da prótese de panturrilha localiza-se na prega da pele atrás do joelho.

02. A recuperação é muito dolorosa? 
Não. A dor, que ocorre principalmente nas primeiras 48 horas, é tolerável e controlada com analgésicos e anti-inflamatórios. 

03. Em quanto tempo poderei retornar ao trabalho? 
O ideal é esperar 14 dias para retornar ao trabalho, evitando-se de andar muito nestas duas primeiras semanas. 

04. Quando poderei fazer exercícios físicos?
Depois de dois meses da colocação da prótese de panturrilha. 

05. Como ficarão minhas pernas? 
A prótese de panturrilha proporciona uma projeção principalmente para a parte posterior da "batata da perna", sendo mais visível a mudança pelas costas do que por uma visão de frente. 

06. Quando poderei fazer depilação com cera? 
Depois de um mês da colocação das próteses de panturrilha será possível fazer a depilação com cera. Antes disso, deverão ser usadas lâminas. 

07. Existe risco da prótese estourar? 
As próteses de panturrilha são bastante resistentes, sendo necessário um trauma muito forte para rompe-las. É mais fácil fraturar a perna do que romper a prótese. 

08. Qual a anestesia utilizada? 
Na maioria dos casos a anestesia peridural. 

09. É possível associar a prótese de panturrilha a outras cirurgias plásticas? 
Sim. Pode-se associar com lipoaspiração, prótese de mama, mamoplastia, outras cirurgias. 

IMPORTANTE: Resultados definitivos somente devem ser considerados após 12 meses da cirurgia. As cirurgias de retoques, quando necessárias, serão aconselhadas pelo cirurgião, devendo-se respeitar o tempo necessário para a adequação dos tecidos e acomodação das cicatrizes. Quando realizadas em momento inoportuno, podem não alcançar os resultados desejados. Os retoques não significam incapacidade técnica mas sim uma revisão cirúrgica para se alcançar resultados ainda melhores. Os custos destes possíveis retoques serão cobrados somente em relação às despesas hospitalares e de anestesista. Não serão cobrados honorários da equipe cirúrgica desde que estes retoques sejam realizados no período sugerido pelo cirurgião.

Para fins de honorários, será considerado retoque, todo procedimento indicado pelo seu cirurgião seguinte à primeira cirurgia, num período subseqüente de 12 meses. Após este período, qualquer intervenção cirúrgica será considerada como um novo procedimento, independente do primeiro, mesmo que nas mesmas áreas. 

O código de normas e condutas do cirurgião plástico da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica proíbe a exibição de fotos de pré e pós-operatório, mesmo que haja autorização do paciente. A divulgação de preços e condições de pagamento em meios de comunicação, como jornal e TV é vedada. 


Adaptado da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP

Cirurgia Plástica
Dr. Fernando Araujo - CRM: 4210
Telefones: (79) 3023-6881 | 99126-7345
Siga-nos no Facebook
criação de site