Cirurgia Estética
Lipoescultura
Lipoaspiração

Lipoescultura

A deposição e quantidade de gordura corporal é característica de cada indivíduo diferindo também entre os sexos. O homem normalmente tem quantidade de gordura inferior quando comparado ao sexo feminino e sua deposição em áreas diferentes como abdome e mamas. Por outro lado, o sexo feminino tem características particulares no tocante a deposição de gordura. Esta tende a localizar-se em regiões de flancos, braços, coxas, "culotes" e abdome inferior, padrão conhecido como ginecóide.


O tratamento focado ao tratamento de gorduras localizadas e com objetivo de melhora do contorno corporal é obtido através da aspiração do tecido gorduroso sob técnica especifica. O termo lipoaspiração tornou-se consagrado, assim como lipoescultura, já que o trabalho realizado assemelha-se ao processo de esculpir o corpo em formas e curvas, retirando excessos em regiões especificas e por vezes acrescentando em outros locais.

Anestesia: peridural com sedação ou geral

Duração: 2h – 4h
Internação: 12- 24h

Cirurgia

A cirurgia encontra-se indicada após avaliação criteriosa do cirurgião e das queixas especificas postuladas pela paciente, estabelecendo a partir deste ponto os limites do procedimento e as possibilidades de resultado.

 


 

As incisões costumam ser muito pequenas, cerca de meio centímetro ou 5mm, por onde dão passagem a cânulas especiais conectadas a um dispositivo de aspiração. A quantidade de incisões é dependente das regiões a serem aspiradas. De grande importância, o volume aspirado deve obedecer a limites de segurança que dependem do peso de cada paciente, devendo portanto, a cirurgia, estar reservada para casos de gordura localizada e não como método de emagrecimento.

 







 

No período pós-operatório, o paciente deve utilizar cinta elástica especial para ajudar no controle do edema e modelagem corporal. Os pontos da região da incisões costumam ser retirados apos 7 dias com retorno às atividades mais leves por volta do 10o dia. A Drenagem linfática, deve ser iniciada apos a liberação do medico e costuma acelerar o processo de recuperação. Exercícios físicos são de extrema importância para a manutenção dos resultados assim como estimulo à retração da pele no período após a cirurgia.

Complicações

Apesar de raras, podem ocorrer: hematoma, infecção, deiscência de pontos, sofrimento de pele, assimetrias, alterações de sensibilidade, trombose e embolia.

PERGUNTAS E RESPOSTAS

01. Qual é o paciente ideal para lipoaspiração?

Os melhores candidatos à lipoaspiração são aqueles pacientes próximo ao peso ideal e que apresentam gorduras localizadas que são mantidas mesmo após dietas e programas para perda de peso. Pacientes muito acima do peso, que necessitam de grande redução de tecido gorduroso em áreas extensas, além de apresentarem maior risco cirúrgico (tempo de cirurgia maior, perda sangüínea maior, etc.) apresentam maior chance de apresentar sobra de pele no pós-operatório, visto que na lipoaspiração não se retira pele. Há uma recomendação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica que determina como limite de segurança de retirada de gordura um volume correspondente a aproximadamente 7% do peso corporal.

02. Qual médico está apto a realizar a Lipoaspiração?

A lipoaspiração é uma especialidade da cirurgia plástica e apenas os cirurgiões plásticos tiveram formação para tanto e estão aptos a realiza-la. Todo cirurgião plástico especialista faz parte obrigatoriamente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, devendo o paciente se certificar da especialização do seu médico. Infelizmente hoje há vários médicos não especialistas (não cirurgiões plásticos) fazendo lipoaspirações e com isso aumentando o risco das cirurgias.

03. Qual a diferença entre lipoaspiração e lipoescultura?

Lipoaspiração é a remoção de gordura localizada promovendo uma melhora no contorno corporal. Lipoescultura não é um termo técnico, sendo utilizado algumas vezes pra designar a lipoaspiração de várias regiões em uma mesma cirurgia. Outros, utilizam o termo quando durante a cirurgia de lipoaspiração se retira gordura de uma área e se injeta em outra (enxerto).

04. O que é a "Minilipo"?

A "minilipo" ou "lipo-light" nada mais é que uma lipoaspiração com anestesia local, técnica antiga e nada de nova. O que se têm realizado hoje é esta lipoaspiração em consultórios e em partes, em vez de fazer todas as regiões do corpo. Quanto ao resultado, é mais arriscada, pois a chance de ter irregularidades e assimetrias entre as partes lipoaspiradas em dias diferentes é maior do que em uma lipoaspiração única. Por ser com anestesia local, sem nenhuma sedação, muitas vezes o paciente sofre com dores e o procedimento acaba não sendo realizado de forma adequada.

05. A "Minilipo" é mais segura que a Lipoaspiração Tradicional?

Isto é que se difunde, mas não é verdade! Por ser realizada em consultório, o risco de infecção é maior e a aparelhagem médica de segurança muito inferior a de um centro cirúrgico. Ainda mais, como se faz várias sessões, multiplicam-se os riscos por várias vezes. Porém, o mais preocupante é que a maioria dos médicos que fazem a "minilipo" ou "lipo-light", não são cirurgiões plásticos, logo não são especialistas, o que aumenta enormemente os riscos de complicações.

06. Em quais regiões do corpo posso fazer uma Lipoaspiração?

A lipoaspiração é feita para a retirada de gordura localizada e pode ser realizada em locais de acúmulo natural de gordura, como abdômen, flanco, dorso, pernas, braços e face. Não se faz lipoaspiração em regiões de articulação, como cotovelos, tornozelo e parte posterior dos joelhos.

07. As cicatrizes são grandes, onde ficam?

As cicatrizes da Lipoaspiração são muito pequenas, de 5 a 10mm, e são colocadas em áreas escondidas, como sob a marca do biquíni, dentro do umbigo ou no sulco mamário. Geralmente ficam de boa qualidade, sendo pouco notadas.

08. Quanto tempo dura a cirurgia?

Depende da extensão da área lipoaspirada e da quantidade de gordura a ser retirada. Costuma durar de 1 a 3 horas.

09. Que tipo de anestesia é utilizada para esta operação?

Depende da área a ser operada e do volume de gordura a ser lipoaspirado. Pode ser desde a anestesia local, local com sedação, peridural ou geral.

10. Qual o período de internação?

Varia de 12 a 24 horas, de acordo com o porte da cirurgia e da anestesia. O tempo de internação pode ser estendido dependendo da recuperação do paciente e da avaliação médica.

11. Quando são retirados os pontos?

Os pontos são retirados dos 7 aos 14 dias pós-operatórios.

12. Como fica a sensibilidade da área operada?

Quando a cânula de lipoaspiração aspira a gordura, ela raspa em pequenos nervos que dão a sensibilidade na região. Logo, há uma alteração da sensibilidade local devido ao trauma depois da lipoaspiração ou lipoescultura, que tende a retornar gradativamente com o tempo. Alguns pacientes referem dor, outros insensibilidade, outros amortecimento local, etc.

13. Posso fazer Lipoaspiração antes de engravidar?

A lipoaspiração não altera ou atrapalha a gravidez, pois retira apenas gordura. É comum, porém, a confusão entre lipoaspiração e abdominoplastia, a qual retira pele do abdômen e por isso geralmente não é realizada antes das gravidezes programadas.

14. No caso de engravidar depois da Lipoaspiração perderei o resultado da cirurgia?

A questão de engordar ou não depende apenas da paciente e de sua dieta e hábitos. Não é devido à lipoaspiração que se engorda e sim devido ao que se come. Logo, pacientes que controlam o peso não engordarão, outros que não controlam engordarão, tendo feito lipoaspiração ao não.

15. Para que serve o Ultrassom no pós-operatório da Lipoaspiração?

O ultrassom auxilia a organizar a cicatrização interna depois da lipoaspiração, sendo muito importante para minimizar nodulações e irregularidades pós-operatórias.

16. Quando poderei retornar às minhas atividades normais?

Depende do porte da cirurgia e do estado geral do paciente. A dor no pós-operatório é mais intensa no primeiro dia, melhorando rápida e progressivamente nos 3 primeiros dias, sendo a dor o principal fator limitante no retorno às atividades normais. Cirurgias menores sob anestesia local permite um retorno rápido ao trabalho, no entanto, cirurgias de porte maior, em áreas extensas, necessitam de um período de repouso maior, aproximadamente 7 dias.

17. Em quanto tempo atingirei o resultado definitivo?

Após a cirurgia ocorrerão vários períodos de evolução, como se segue:

A - PERÍODO IMEDIATO: Vai até o 30º dia e apresenta-se com edema (inchaço) local intenso, e algumas equimoses (manchas roxas) que regridem rápido e progressivamente, porém não totalmente. Alguns casos apresentam discreta reação aos pontos ou ao curativo.

B - PERÍODO MEDIATO. Vai do 30º dia até o 60º dia. Neste período haverá resolução lenta e progressiva do edema remanescente, com endurecimento das áreas operadas secundário a cicatrização interna, além do início da contratura da pele com acomodação do excedente. Este período, o menos favorável da evolução cicatricial, é o que mais preocupa as pacientes. Como não podemos apressar o processo natural da cicatrização, recomendamos às pacientes que não se preocupem, pois o período tardio se encarregará de diminuir os vestígios cicatriciais.

C - PERÍODO TARDIO: Vai do 3º ao 12º mês. Neste período, as cicatrizes começam a tornar-se mais claras e menos consistentes atingindo, assim, o seu aspecto definitivo. Todo o edema já estará resolvido e a acomodação máxima do excedente de pele também já se completou. Qualquer avaliação do resultado definitivo da cirurgia deverá ser feito após este período.


18. Há perigo nesta operação?

São raras as complicações em lipoaspiração, porém podem ser citadas: hematoma, seroma, irregularidades, infecção, trombose venosa profunda, sofrimento de pele ou acidentes durante a cirurgia. O seroma é a complicação mais comum em grandes lipoaspirações. Consiste de acúmulo de liquido localizado na região operada. Quando em grande quantidade há necessidade de esvaziamento através de punções, com resolução do problema e sem prejuízo do resultado. As complicações são mais frequentes em paciente fumantes, portanto é recomendável suspender o uso de cigarro por 3 semanas antes da cirurgia.

19. A Lipoaspiração pode ser associada a outras cirurgias?

Sim, é comum a associação da lipoaspiração a outras cirurgias. A extensão da lipoaspiração determinará qual cirurgia poderá ser associada. É muito freqüente a associação da lipoaspiração à abdominoplastia, pois a lipo retira gordura e a abdominoplastia trata o excesso de pele e flacidez abdominal, o que torna as duas cirurgias complementares em alguns casos.

20. Como é a evolução pós-operatória? 

Há necessidade de uso de malha compressiva continuamente por um período de 4 a 6 semanas, conforme a evolução do edema. Evitar locais quentes, atividades físicas intensas e exposição solar, especialmente nos primeiros 3 meses pós-operatório. A drenagem linfática no pós-operatório é muito importante para o resultado e uma boa evolução, deve-se iniciar na primeira semana de pós-operatório. Você não deve se esquecer que, até que se consiga atingir o resultado almejado, diversas fases são características deste tipo de cirurgia. Assim é que, em item anterior, esclarecemos sobre a evolução cicatricial (até o 12º mês). Também é recomendado o uso de cinta elástica por 4 a 6 semanas. Exercícios físicos moderados devem ser evitados por no mínimo 1 mês e exercícios intensos por até 2 meses. Poderá lhe ocorrer alguma preocupação no sentido de "desejar atingir o resultado final antes do tempo previsto". Seja paciente pois seu organismo se encarregará de dissipar todos os pequenos transtornos intermediários que, infalivelmente chamarão a atenção de algum de seus conhecidos que não se furtará à observação: "//Será que isto vai desaparecer mesmo?//"- É evidente que toda e qualquer preocupação de sua parte deverá ser a nós transmitida. Daremos os esclarecimentos necessários, para sua tranqüilidade. Em tempo: Em alguns pacientes, ocorre uma certa ansiedade nesta fase, decorrente do aspecto transitório (edema, insensibilidade, transição cicatricial, etc.). Isto é passageiro e geralmente reflete o desejo de se atingir o resultado final o quanto antes. Lembre-se que nenhum resultado de cirurgia de Lipoaspiração deverá ser considerado como definitivo antes dos 6 aos 12 meses.

IMPORTANTE: A lipoaspiração não faz milagres. Como qualquer tipo de cirurgia pode determinar resultados que não dependem do cirurgião. A idade, o volume de gordura a ser aspirado, a flacidez de pele e da região e a acomodação desta pele no pós-operatório podem interferir no resultado final. Uma segunda ou mesmo terceira cirurgia pode fazer parte do programa de tratamento. Resultados definitivos somente devem ser considerados após 6 a 12 meses da cirurgia. As cirurgias de retoques, quando necessárias, serão aconselhadas pelo cirurgião, devendo-se respeitar o tempo necessário para a adequação dos tecidos e acomodação das cicatrizes. Quando realizadas em momento inoportuno, podem não alcançar os resultados desejados. Os retoques não significam incapacidade técnica mas sim uma revisão cirúrgica para se alcançar resultados ainda melhores. Os custos destes possíveis retoques serão cobrados somente em relação às despesas hospitalares e de anestesista. Não serão cobrados honorários da equipe cirúrgica desde que estes retoques sejam realizados no período sugerido pelo cirurgião.

Para fins de honorários, será considerado retoque, todo procedimento indicado pelo seu cirurgião seguinte à primeira cirurgia, num período subseqüente de 12 meses. Após este período, qualquer intervenção cirúrgica será considerada como um novo procedimento, independente do primeiro, mesmo que nas mesmas áreas.

O código de normas e condutas do cirurgião plástico da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica proíbe a exibição de fotos de pré e pós-operatório, mesmo que haja autorização do paciente. A divulgação de preços e condições de pagamento em meios de comunicação, como jornal e TV é vedada.

Adaptado da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP

Cirurgia Plástica
Dr. Fernando Araujo - CRM: 4210
Telefones: (79) 3023-6881 | 99126-7345
Siga-nos no Facebook
criação de site